Criação, Poesia, Ramiro Torres

Ramiro Torres, novo colaborador d’O levantador de minas

 

Desfruten a maxia deste inspirado poema de Ramiro Torres quen, eventualmente, a partir de agora colaborará neste blogue.

 

Espelho no profundo:

Afirmo-me nos teus braços

De espuma e silêncio.

 

Sigo a tua voz,

Grávida a minha percepção

Na alegria do teu andar, aqui.

 

Conheço a multiplicação

Da tua luz entre as mãos,

Ardida a cicatriz do tempo.

 

Avanço entre moradas caídas,

A celebrar a minha lenta conversão

Em garrafa enchida pelo teu cantar.

Share
Standard

6 thoughts on “Ramiro Torres, novo colaborador d’O levantador de minas

  1. nacho.m.baamonde says:

    Facía moito tempo que non te lía, Ramiro. Desde os tempos do winckler. Parabens por este poema intimista e espido; un agarimoso saudo, cabo do piñeiral espeso, da pequena e pondaliana ponteceso. Nacho

  2. nacho.m.baamonde says:

    Facía moito tempo que non te lía, Ramiro. Desde os tempos do winckler. Parabens por este poema intimista e espido; un agarimoso saudo, cabo do piñeiral espeso, da pequena e pondaliana ponteceso. Nacho

  3. françois says:

    Parabens, Levantador, por ser o anfitrión deses versos. Moito obrigado polo agasallo. E unha aperta tamén para o Ramiro. Amis, merci.

Comments are closed.