#Periferias é o noso proxecto audivisual dentro do Noroeste Videocamp 2017 de Coruña Dixital. Esta é unha pequena mostra da visión “periférica” do Festival Noroeste Estrella Galicia 2017 por un inspirado equipo composto por Inés Pose, Nerea Mesías, Jorge Lama e mais eu.

Share

Mais un ano tivemos que agradecer a confianza de Edicións Xerais no noso traballo de emisión e crónica visual do ditame, entrega dos Premios e posterior romaría na Illa de San Simón, no bandullo da Ría de Vigo. Este foi o resumo de outro día memorábel para a literatura galega e, por extensión, para a nosa cultura no seu conxunto. Para visualizar o vídeo da entrega de premios e as outras 15 entrevistas que realizamos a pé de illa pódese visitar Xerais TV.

Dúas recomendacións obrigadas: a) a páxina do operador de cámara e editor de vídeo nesta ocasión, Aser Orbán; b) a audición da canción de D-Laxe “As túas mans”, recuperada do para nós tan emocionante disco A Coruña Son 08 (froito daquel obradoiro de canción popular que tivemos a honra de deseñar e producir en tres ocasións) que paso a subir de novo á web (con licenza CC:BY-NC-SA):

 

Share
Premios Xerais ao vivo 2017
Alfredo Ferreiro, Colaborações:, Infanto-juvenil, Narrativa, Prémios literários, Vídeos

Premios Xerais 2017

Hoxe viaxamos á Illa de San Simón coa ilusión de botar unha man na maior gala literaria do ano. Contaremos coa habitual pericia nas redes sociais de Ghanito e, pola primeira vez, coa profesionalidade de Aser Orbán comandando a cámara a edición de vídeo e de Tiago Alves Costa como cronista para a lusofonía (cfr. em breve na Palavra Comum). Esperamos algún vento e algunha nube, a emoción de sempre nos premiados, xurados, convidados e organización e a sensación embriagadora de vivir nun país en que a alegría en volta da creación literaria é un dos mais prezados sentimentos nacionais. Parabéns adiantados a Edicións Xerais, cuxa experiencia e sensibilidade só poderá ofrecernos máis un éxito para as nosas letras e para o futuro común.

Edicións Xerais: «Conduce a cerimonia Celia Torres, directora de promoción e prensa de Xerais. Actúa como mantedor literario o escritor Xurxo Mariño e como convidada musical A Banda dos Cueiros.

No acto, que se desenvolve no auditorio multiusos, participan trescentas persoas do ámbito da cultura galega.»

Share
Standard
Raias Poéticas: Afluentes Ibero-Afro-Americanos de Arte e Pensamento
Alfredo Ferreiro, Colaborações:, Poesia, Vídeos

Tiago Alves Costa no Raias Poéticas 2017

No passado fim de semana tive a oportunidade de participar no Raias Poéticas ~ Afluentes Ibero-Afro-Americanos de Arte e Pensamento fazendo parte de uma delegação galega composta por Ramiro Torres, Teresa Moure e Tiago Alves Costa. Este é o segundo do cinco vídeos que compõem o nosso contributo plural.

Este evento nasceu, segundo as palavras o Luís Serguilha, há seis anos para
«_________potencializar a criatividade artística, o pensamento como experiência dançante, a interrelacionalidade, a sismologia das sensações, as mutabilidades, as correntezas transfronteiriças das línguas poéticas ibero-afro-americanas, os movimentos giratórios da interrogação estética
_________aproximar a diversidade, as forças das resistências-vivas, as geografias do nomadismo, as intensidades migratórias, as heterogeneidades dos fluxos cortantes.
_________ecoar as multiplicidades, as redobras, a profusão das diferenças, os espelhos dos entre-cruzamentos, criando uma zona de vozes singulares, vozes-devires________holomovimento antecipador da vida.»

{Raias Poéticas}

Share
Standard
Raias Poéticas: Afluentes Ibero-Afro-Americanos de Arte e Pensamento
Alfredo Ferreiro, Colaborações:, Colóquios, Lusofonia, Narrativa, Poesia, Vídeos

Raias Poéticas 2017: Luís Serguilha

No passado fim de semana tive a oportunidade de participar no Raias Poéticas ~ Afluentes Ibero-Afro-Americanos de Arte e Pensamento fazendo parte de uma delegação galega composta por Ramiro Torres, Teresa Moure e Tiago Alves Costa. Este é o primeiro do cinco vídeos que compõem o nosso contributo plural.

Este evento nasceu, segundo as palavras o produtor e coordenador do evento o poeta Luís Serguilha, há seis anos para
«_________potencializar a criatividade artística, o pensamento como experiência dançante, a interrelacionalidade, a sismologia das sensações, as mutabilidades, as correntezas transfronteiriças das línguas poéticas ibero-afro-americanas, os movimentos giratórios da interrogação estética
_________aproximar a diversidade, as forças das resistências-vivas, as geografias do nomadismo, as intensidades migratórias, as heterogeneidades dos fluxos cortantes.
_________ecoar as multiplicidades, as redobras, a profusão das diferenças, os espelhos dos entre-cruzamentos, criando uma zona de vozes singulares, vozes-devires________holomovimento antecipador da vida.»

{Palavra Comum}

Share
Standard
Azeta Letras Galegas 2017 B
Alfredo Ferreiro, Colaborações:, Colóquios, Gestão cultural, Poesia, Sociedade, Vídeos

Letras Galegas 2017 (1)

Começa uma rica semana em eventos culturais em volta da celebração das Letras Galegas 2017. Hoje e amanhã andaremos polo meu antigo bairro corunhês, a Cubela (entre a Gaiteira e a Estação de Autocarros). Colaboraremos com o nosso querido livreiro Suso da livraria Azeta e andaremos a falar de literatura e a recitar poesia acompanhados dalguns dos maiores vultos da literatura actual, também vizinhos muito prezados. Este é o programa:

Azeta Letras Galegas 2017 B

Azeta Letras Galegas 2017 A
A inciativa do Concelho da Corunha, tão louvável (cfr. Programa Dia das Letras 2017 A Corunha) divulgou-se com este vídeo:

Share
Standard