Ernesto Vasques Souza

Ernesto Vasques Souza

A Crunha, 1970.

Passageiro de muita parte, leitor atrabiliário e grafómano.
Tem acompanhado o evoluir da cultura galega como testemunha desde 1986, ainda que por sorte, tertúlia e magistérios afortunados aos que está mui obrigado, acumula muita memória devanceira.

É doutor em Filologia galega pola UDC e tem escrito cousas soltas sobre livros, repúblicas e literatura da Galiza.

Ultimamente, convencido do fracasso da política lingüística e cultural dos últimos 30 anos, anda a aprender galego direito e colabora com o PGL entanto anda a ler de novo clássicos e velhos autores galegos.